HABITAÇÃO NA RUA TOMÁS GONZAGA, PORTO
O projeto está integrado no programa Casas do Património, lançado pela Câmara Municipal do Porto. A área encontra-se na freguesia de Miragaia, junto ao centro histórico da cidade, considerada Património da Humanidade pela UNESCO. O terreno está aberto ao rio Douro, sendo possível avistar do local o antigo edifício da alfândega, o início da Foz do Douro e as caves do vinho do Porto na zona ribeirinha da cidade de Gaia.
O programa de intervenção prevê a reabilitação e preservação das ruínas graníticas existentes, nomeadamente as que se encontram no centro da área de intervenção, que integram elementos de pedra que remontam ao século XVI. Novos volumes foram planeados, contribuindo para harmonizar a silhueta urbana da cidade histórica.
A operação consiste no projeto de oito casas, com um único quarto, com base na tipológica duplex. A expressão resultante é caracterizada pela unidade tectónica, entre a alvenaria granítica, e a matriz da composição do novo edifício, expressa a partir de uma grelha de elementos de pedra e planos de reboco lisos.

 

 

Promotor Domussocial, E.M.
Arquitetura Paulo Tormenta Pinto
Colaboradores Rosa Maria Bastos, João Maria Costa
Hidráulica Andreia Cardoso e Rira Duarte / BETAR, Lda
Estruturas Miguel Villar / BETAR, Lda
AVAC Galvão Teles
Acústica Palma Ruivo
Gás Augusto Teixeira
Eletricidade e Telecomuncações Rúben Sobral
Projeto/Construção 2017 / ___
Photography Nuno Almendra